Blog

Como escrever um artigo científico em medicina?

Como escrever um artigo científico
Mediflix

Como escrever um artigo científico em medicina?

Como escrever um artigo científico em medicina pode contribuir com a divulgação de informações e descobertas, além de fazer análises de dados para o setor da saúde?

A publicação de artigos científicos apresenta novos dados e informações para quem os acessa. Mas nem todo profissional sabe como escrever um artigo científico de qualidade. 

O que é um artigo científico?

Um artigo científico é um estudo, um levantamento, uma pesquisa, ou uma revisão publicada em periódicos especializados em ciência.

São diversos os veículos que publicam esses artigos, sendo os mais famosos as renomadas revistas científicas internacionais.

E é geralmente nessas revistas que o autor de um estudo deseja publicar sua descoberta, com o objetivo de mostrá-la à academia, aos colegas e à toda a sociedade.

Entre os periódicos científicos mais importantes do mundo, podemos listar:

Além destas, há muitas outras publicações ao redor do mundo especializadas em publicar artigos científicos, sejam eles de áreas abrangentes ou específicas.

O Brasil também possui suas publicações científicas, e dentre as mais conhecidas estão o Brazilian Journal of Physics, publicado desde 1971, e o Brazilian Journal of Biological Sciences, fundado em 2014.

Sites especializados em curadoria de conteúdo também disponibilizam edições de revistas científicas, capítulos de livros e outros materiais acadêmicos de relevância para a sociedade científica.

O portal SciELO concentra mais de mil periódicos científicos de diversos países, como Portugal, México e África do Sul, com mais de 570 mil artigos das mais variadas áreas do conhecimento.

O Science Direct é um portal focado em medicina, e possui inúmeros artigos publicados. Alguns deles, inclusive, podem ser acessados gratuitamente na plataforma.

É importante destacar que não há apenas uma forma de se escrever um artigo científico, e o proponente precisa ter clareza acerca de qual deles irá escolher.

Entre os modelos mais conhecidos podemos citar:

  • Artigo original
  • Estudo de caso
  • Revisão de literatura

Artigo original

Nesse modelo o autor apresenta resultados de uma pesquisa realizada anteriormente.

Partindo da formulação de uma hipótese, o estudo procura trazer à luz respostas sobre determinado assunto, enquanto o artigo científico cumpre o papel de informar sobre as recentes descobertas.

Estudo de caso

No estudo de caso, investigações científicas foram feitas para se chegar a uma dada conclusão, descrevendo acontecimentos e contextos complexos multifatoriais.

Nessa metodologia, a publicação científica apresenta as respostas dessa pesquisa.

Revisão de literatura

Esse processo profundamente criterioso procura apresentar novidades sobre um determinado tema, seguindo um protocolo extremamente meticuloso.

Aqui, os autores também escrevem artigos científicos para apresentar essas descobertas.

A área da medicina possui um dos terrenos mais ricos e férteis para a realização de pesquisas e para novas descobertas.

Mas para cada uma dessas revistas e publicações há uma forma específica de como escrever artigos científicos, e posteriormente submeterem-se à avaliação para publicação.

Mas como escrever um artigo científico de qualidade, respeitando os parâmetros exigidos pelas publicações, e que tenha relevância e possa contribuir com o desenvolvimento da humanidade?

Afinal de contas, é esse o principal propósito de se escrever um artigo científico.

Como escrever um artigo científico para ser publicado

Escrever um artigo científico não é tarefa fácil. Estamos falando de um trabalho que requer de seu autor muita pesquisa, foco, determinação e a certeza de que todo esse esforço e investimento valem a pena.

Para se escrever um artigo científico, há uma metodologia padronizada que deve ser seguida e respeitada. 

A seguir, vamos apresentar alguns passos que você pode utilizar para saber como escrever um artigo científico.

Definição do objeto da publicação

O proponente precisa saber de antemão sobre qual assunto irá escrever.

É imprescindível que o autor tenha em mente qual tema irá tratar no seu artigo científico, além de delimitar o objeto de seus esforços.

Com essa definição em mente, o próximo passo será decidir qual a metodologia que irá utilizar. Conforme vimos anteriormente, diversos métodos podem ser utilizados para se escrever um artigo científico.

Artigo original, estudo de caso ou revisão de literatura são algumas possibilidades.

É importante que o autor (ou autores) determinem no nível mais específico possível o tema de seu trabalho, abrangendo apenas os assuntos correlatos de primeira importância, não dando destaque para subterfúgios.

Metodologia e estrutura 

Após a seleção do assunto e definição do tema, é hora de escolher qual a metodologia que será aplicada para escrever o artigo científico.

Uma redação é comumente escrita utilizando a Matriz IDC, que possui a seguinte estrutura: Introdução; desenvolvimento; conclusão.

Contudo, há outras possibilidades que podem facilitar o trabalho do escritor, e tornar mais fluida a leitura do público.

Justamente por isso, o Modelo IMRD é um dos mais utilizados por autores de artigos científicos. A estrutura do IMRD, dividido em quatro seções, é assim definida:

  1. Introdução
  2. Método
  3. Resultados
  4. Discussão

Vamos explicar com mais detalhes como escrever um artigo científico usando o IMRD:

1. Introdução 

Nesta primeira seção, o autor deve apresentar as informações sobre o tema, a justificativa pela sua escolha e, por fim, o objetivo a que se propõe o trabalho.

2. Método

Aqui o proponente do artigo descreve como a pesquisa ocorreu, e descreve o cenário em que ela aconteceu, os procedimentos utilizados, a amostragem e os aspectos éticos que envolvem o estudo.

3. Resultados

A apresentação dos resultados nada mais é que o escopo de todo o esforço empregado na feitura da obra. É nesta seção que devem ser apresentados os achados e as descobertas científicas, ou seja, o desígnio do artigo científico.

Se for passível dessa aplicação, os resultados devem ser acompanhados das análises estatísticas que correspondem ao estudo.

4. Discussão

Na última divisão do artigo científico, o autor deve interpretar os resultados, realizar comparações, e redigir a conclusão de sua obra, apresentando os aspectos que levaram-no a realizar tais experimentos.

Há também como escrever um artigo científico lançando mão de uma variação do IMRD, separando a conclusão da discussão. 

Sendo assim, a metodologia seria descrita como IMRDC.

Referências bibliográficas

Parte fundamental do trabalho científico, a curadoria da bibliografia e do referencial teórico deve ser incluída ao final do projeto.

As referências bibliográficas dão peso técnico ao trabalho, e atenuam as possibilidades de o autor incorrer em erros. Além disso, elas trazem validação a artigos científicos e trabalhos acadêmicos

Revisão 

A revisão é um importante passo no processo de escrita de um artigo, pois ela assegura que o mesmo obedece aos padrões de publicação da revista escolhida pelo proponente, além de corrigir possíveis erros gramaticais, como coerência e coesão, por exemplo.

Esse passo não apenas garante que a redação respeita a norma padrão do idioma escolhido pelo autor, bem como se há incorreções na aplicação da metodologia utilizada.

Submissão à publicação

Após o cumprimento de todos esses passos, o proponente deve submeter sua obra à avaliação dos editores e dos demais profissionais examinadores.

É deles o poder de definição acerca de quais artigos serão publicados nas edições seguintes das revistas científicas. 

Em alguns casos, apreciação, os editores sugerem modificações no artigo enviado, que deve ser alterado conforme as recomendações sugeridas.

O período de avaliação de um artigo científico pode demorar semanas e até mesmo meses. Portanto, o autor que deseja escrever um artigo científico e publicá-lo, precisa ter paciência para aguardar a resposta, que pode ser positiva ou não.

Caso a obra seja rejeitada, há ainda a possibilidade de submetê-la à análise de outros periódicos que poderão aceitá-la.

Como escrever um artigo científico: curso completo

Se você se interessou pelo tema e deseja iniciar seu artigo científico, não deixe de conferir o curso Como escrever um artigo científico: “Publique ou Pereça”, que já está disponível na Mediflix.

Nele você encontra as melhores práticas sobre como escrever um artigo científico em medicina de qualidade, levando em consideração todos os aspectos que abordamos aqui.

O curso é ministrado pela doutora Marise Lazaretti Castro, graduada na Faculdade de Medicina do ABC (1981), mestre, doutora e livre docência pela Escola Paulista de Medicina – UNIFESP.

Marise Castro carrega ainda o título de especialista pela Universidade de Heidelberg, na Alemanha, e é professora adjunta e chefe do Setor de Doenças Osteometabólicas da Endocrinologia da EPM-UNIFESP. 

A médica vai ensinar como médicos que desejam seguir a carreira da pesquisa devem proceder para escrever um bom artigo científico.

Na aula ela também dá dicas sobre o assunto, além de demonstrar a importância das publicações científicas para o crescimento e desenvolvimento da ciência.

Portanto, acesse nosso portal e inscreva-se agora mesmo no curso Como escrever um artigo científico: “Publique ou Pereça”. Não perca essa oportunidade!

Deixei sua mensagem aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *