Congresso Internacional de Flebologia, Linfologia e Estética • BIMEP

Congresso Internacional de Flebologia, Linfologia e Estética • BIMEP

Baseado em 2 avaliações
  • 05 Horas de duração
  • 27 Aulas
  • 4 Módulos
  • 4 anos de suporte
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
"Otimo trabalho, recomendo a todos"
Tereza
mais avaliações

Congresso Internacional de Flebologia, Linfologia e Estética • BIMEP

• Dia 13/05 - Módulo 1
A EVOLUÇÃO DA FLEBOLOGIA NO BRASIL
Com: Dr. Carlos Carvalho

DE DONDE VENIMOS Y HACIA DONDE VAMOS EN LA ESPECIALIDAD FLEBOLOGIA
Com: Dr. Oscar Hugo Bottini

FISIOPATOLOGIA DO LINFEDEMA
Com: Dr. Henrique Jorge Guedes Neto

TRATAMENTO CIRÚRGICO DO LINFEDEMA
Com: Dr. José Luiz Cataldo

LIPEDEMA DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
Com: Dr. Alexandre Amato

FLEBOEXTRAÇÃO POR EVERSÃO DA VEIA SAFENA MAGNA UMA ALTERNATIVA É TERMOABLAÇÃO
Com: Dr. Regis Fernando Agnes

CIRURGIA VENOSA COMPLICAÇÕES LINFÁTICAS
Com: Dr. José Luiz Cataldo

• Dia 14/05 - Módulo 2
TRATAMENTO COM LASER TRANSDÉRMICO DE PEQUENOS VASO
Com: Dr. Rodrigo Kikuchi

FOAM ECO-GUIADA COM TRATAMIENTO DE LA INSUFICIÊNCIA VENOSA CRÓNICA Y LA ÚLCERA VENOSA
Com: Dr. Oscar Regalado

HIPERCROMIA PÓS ESCLEROTERAPIA
Com: Dra. Mariade Lourdes Kafrouni

FOAM ECO-GUIADA COMO TRATAMIENTO DE LA INSUFICIÊNCIA VENOSA CRÓNICA E LA ÚLCERA VENOSA
Com: Dr. Oscar Regalado 

10 YEARS OF ENDOLASER WHAT DO WE LEARN
Com: Dr. C Bone

NEW ENDOLASER HORIZON - FOAM ASSOCIATION
Com: Dr. C. Bone

ABLAÇÃO DE VEIA SAFENA PRANA COM ENDOLASER
Com: Dra. Luciene Barreneche

• Dia 15/05 - Módulo 3
EVLA COLLATERALS AND GIACOMINI VEIN TIPS AND TRICKS
Com: Dr. Victor Canata

TRATAMENTO DE PERFURANTES COM LASER
Com: Dr. Oscar Hugo Bottini

TRATAMENTO DE SAFENAS COM CIANOACRILATO - TÉCNICA BÁSICA
Com: Dr. Augusto Sampaio

CIANOACRILATO - DIFERENÇAS FUNDAMENTAIS ENTRE OS PRODUTOS OFERECIDOS NA EUROPA
Com: Dr. Augusto Sampaio

COMO TRATAR A TROMBOSE VENOSA PROFUNDA INFRAPATELAR • TVP-IP
Com: Dr. Robson de Miranda

DISCUSSÃO • 01 

DISCUSSÃO • 02

• Dia 16/05 - Módulo 4
COMO EU TRATO AS COMPLICAÇÕES PÓS ESCLEROTERAPIA
Com: Dra. Ligia Kogos

HIPERCROMIAS PÓS ESCLEROTERAPIA VENOSA
Com: Dr. Claudio Roncatti

FOLLOW THE STAR
Com: Dr. Sérgio Gianesini

REVISÃO SISTEMÁTICA DE DIFERENTES TRATAMENTOS PARA VEIA SAFENA MAGNA
Com: Dra. Nathassia de Pádua Domingues

PROTOCOLO INNIVADOR EN EL MANEJO DEL PACIENTE CON LINFEDEMA
Com: Dra. Mabel Bussati

MANEJO DA DOENÇA VENOSA CRÔNICA EM UM SERVIÇO COM ALTA DEMANDA DE PACIENTES
Com: Dr. Oscar Hugo Bottini

4 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 4 anos após a matrícula.
Nenhuma descrição cadastrada.
Mediflix
""


Conteúdo Programático

  • 1. A EVOLUÇÃO DA FLEBOLOGIA NO BRASIL
  • 2. DE DONDE VENIMOS Y HACIA DONDE VAMOS EN LA ESPECIALIDAD FLEBOLOGIA
  • 3. FISIOPATOLOGIA DO LINFEDEMA
  • 4. TRATAMENTO CIRÚRGICO DO LINFEDEMA
  • 5. LIPEDEMA: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
  • 6. FLEBOEXTRAÇÃO POR EVERSÃO DA VEIA SAFENA MAGNA UMA ALTERNATIVA É TERMOABLAÇÃO
  • 7. CIRURGIA VENOSA COMPLICAÇÕES LINFÁTICAS
  • 1. TRATAMENTO COM LASER TRANSDÉRMICO DE PEQUENOS VASO
  • 2. FOAM ECO-GUIADA COM TRATAMIENTO DE LA INSUFICIÊNCIA VENOSA CRÓNICA Y LA ÚLCERA VENOSA
  • 3. HIPERCROMIA PÓS ESCLEROTERAPIA
  • 4. FOAM ECO-GUIADA COMO TRATAMIENTO DE LA INSUFICIÊNCIA VENOSA CRÓNICA E LA ÚLCERA VENOSA
  • 5. 10 YEARS OF ENDOLASER WHAT DO WE LEARN
  • 6. NEW ENDOLASER HORIZON - FOAM ASSOCIATION
  • 7. ABLAÇÃO DE VEIA SAFENA PRANA COM ENDOLASER
  • 1. EVLA COLLATERALS AND GIACOMINI VEIN TIPS AND TRICKS
  • 2. TRATAMENTO DE PERFURANTES COM LASER
  • 3. TRATAMENTO DE SAFENAS COM CIANOACRILATO - TÉCNICA BÁSICA
  • 4. CIANOACRILATO - DIFERENÇAS FUNDAMENTAIS ENTRE OS PRODUTOS OFERECIDOS NA EUROPA
  • 5. COMO TRATAR A TROMBOSE VENOSA PROFUNDA INFRAPATELAR • TVP-IP
  • 6. DISCUSSÃO • 01
  • 7. DISCUSSÃO • 02
  • 1. COMO EU TRATO AS COMPLICAÇÕES PÓS ESCLEROTERAPIA
  • 2. HIPERCROMIAS PÓS ESCLEROTERAPIA VENOSA
  • 3. FOLLOW THE STAR
  • 4. REVISÃO SISTEMÁTICA DE DIFERENTES TRATAMENTOS PARA VEIA SAFENA MAGNA
  • 5. PROTOCOLO INNIVADOR EN EL MANEJO DEL PACIENTE CON LINFEDEMA
  • 6. MANEJO DA DOENÇA VENOSA CRÔNICA EM UM SERVIÇO COM ALTA DEMANDA DE PACIENTES
Voltar ao topo