Blog

12 exemplos de software de gestão médica para facilitar seu dia a dia

gestão medica
Tecnologia

12 exemplos de software de gestão médica para facilitar seu dia a dia

Cada vez mais presente na rotina de médicos e profissionais da área da saúde, a tecnologia tem evoluído rapidamente, desde smartphones até equipamentos robotizados capazes de realizar cirurgias. A tecnologia também se mostra uma grande aliada na rotina de consultórios médicos por meio de software de gestão médica.

Seja para o uso de uma agenda eletrônica ou gerenciar uma franquia de clínicas, os softwares se tornam cada dia mais fundamentais na gestão de excelência para os consultórios. No post a seguir, você vai saber um pouco mais sobre o software de gestão médica e conhecer 12 exemplos que podem trazer facilidade e praticidade para seu dia a dia. Continue lendo para descobrir!

Software de gestão médica: o que é?

O Software de gestão médica é um sistema desenvolvido para auxiliar na digitalização e gerenciamento de clínicas, consultórios e unidades de saúde. Criado para atender demandas de diversos estabelecimentos, o software de gestão médica dá suporte para organizar e automatizar as rotinas de unidades de saúde, como agendamento de consultas, prontuários médicos, arquivamento de exames, procedimentos, materiais, e outras informações.

De acordo com seu tamanho, pacientes, e horário de atendimento (entre outros fatores), cada clínica ou consultório pode demandar um tipo de tecnologia que atenda melhor suas necessidades, por isso, pode-se encontrar uma grande diversidade de software de gestão médica adaptados para negócios pequenos, médios, e de grande porte.

O propósito principal destes sistemas é a organização de dados necessários para o funcionamento da unidade em um só lugar, a fim de facilitar o acesso à informações clínicas, jurídicas, financeiras, e relacionadas aos recursos humanos do paciente.

O que um bom software deve ter?

Na visão da rotina de uma clínica ou consultório médico, o software de gestão médica deve organizar processos e agilizar procedimentos internos, aliviando em certo nível o volume de atividades exigidas dos colaboradores e, consequentemente, facilitando a gestão. Confira alguns pontos que um bom software deve abordar.

Segurança avançada

Assim como os registros em papéis, as informações pessoais dos pacientes devem ser armazenadas em um local seguro. A diferença é que, no software de gestão médica, os dados são armazenados na nuvem e não precisam de espaço físico, evitando o risco de perdas, extravios, e estragos.

Além disso, o sistema poderá estabelecer quem são os colaboradores que poderão ter acesso a estas informações, bem como permitir que o médico acompanhe as informações de seus pacientes gerenciando tais dados em seu próprio consultório, tudo por meio de alta tecnologia criptografada, protegendo as informações.

Atendimento personalizado

Bons softwares permitem que o médico consiga configurar diversos modelos de atendimento desejados, de modo que, ainda na tela inicial de atendimento, o colaborador possa selecionar o modelo no qual o paciente se encaixa, permitindo que seu atendimento seja personalizado e individualizado.

Prescrições eletrônicas

O melhor software de gestão médica poderá oferecer a possibilidade de realizar prescrição eletrônica com facilidade e segurança, evitando erros e otimizando seu tempo no consultório. Desta forma, os pacientes poderão obter prescrições de maneira eficiente e aproveitar o tempo economizado durante a realização da prescrição para tirar dúvidas ou levantar questões.

Integração

Com um software de gestão médica moderno, o prontuário eletrônico também poderá oferecer recursos e funções para gerenciar o consultório por meio de integração com outros mecanismos, como agendas, módulo financeiro e gerenciador de tarefas, permitindo que a receita reduza custos operacionais.

Outro ponto positivo é que esse tipo de integração pode levantar alertas a equipe quando for necessário alguma ação adicional, como a aproximação de procedimentos, ou quando for preciso remarcar alguma consulta. Isso oferece um registro médico preciso dos pacientes, com dados clínicos e financeiros que permitem maior controle e coordenação da clínica ou consultório, assim como a qualidade nos cuidados prestados.

Controle de insumos

O software de gestão médica permite a previsão, provisão e acompanhamento de materiais e instrumentos essenciais para procedimentos realizados no consultório, como luvas, seringas, medicamentos, máscaras, órteses, e outros. Basta que os itens sejam cadastrados quando adquiridos, tornando o controle até seu descarte possível. Isso evita desperdícios e falta de suprimentos, especialmente em situações de emergência.

Gerenciamento financeiro

A gestão das finanças não é uma prática que os médicos acabam realizando com grande propriedade, já que, durante o período de graduação, não é um assunto abordado com frequência. Contudo, o gerenciamento financeiro é essencial para o sucesso, manutenção e sobrevivência de consultórios e clínicas.

O ideal é que o profissional busque cursos online sobre finanças para médicos e obtenha um software de gestão médica com mecanismos que auxiliem neste gerenciamento. Desta forma, é possível realizar o controle de informações, recursos materiais e financeiros em um mesmo lugar.

Como escolher o melhor sistema?

Além das características citadas acima, alguns outros fatores podem auxiliar no momento de escolher o melhor software de gestão médica, como o custo de manutenção, facilidade de utilização, design agradável e prático, possibilidade de personalização, integração de sistema com a própria ou outras clínicas, e disponibilidade de suporte técnico ágil e qualificado.

Software médico instalado

O sistema instalado é aquele adquirido em uma única versão e compra. Para alterar a versão contratada ou atualizá-la, será preciso realizar nova compra. Além disso, todas as vezes que uma atualização for necessária, um técnico deverá ser chamado para o serviço.

Apesar de um investimento único, são muitos os processos até que o sistema possa funcionar corretamente, sem panes ou pequenas dificuldades. Nesse tipo de software o risco pode ser maior, já que em casos de furto ou vírus, os dados podem ser perdidos para sempre.

Software médico na nuvem

O sistema de gestão médica na nuvem é um modelo de negócio que funciona com assinaturas. Por mês, ou ano, o responsável pelo consultório paga um valor para ter seu acesso ou serviço. Esse software não necessita de qualquer tipo de instalação nem exige qualquer espaço de memória, diferente do instalado.

Os dados são armazenados na nuvem, permitindo o acesso de qualquer dispositivo com conexão à internet sem qualquer risco de perda de informações. Suas atualizações também se diferenciam do outro sistema, já que são realizadas constantemente sem que seja necessário instalar uma nova versão. Conheça alguns exemplos de software de gestão médica como estes.

12 exemplos de software de gestão médica

Frequentemente os desenvolvedores desse tipo de sistema pedem sugestões sobre a melhoria e uso do software, contribuindo não só para o desenvolvimento do produto mas também para o resultado de um sistema que atenda todas as necessidades exigidas. Veja os mais utilizados para gerenciamento médico de clínicas e consultórios.

1. IClinic

O iClinic é o software de gestão médica online para clínicas e consultórios que possui acesso a diversas ferramentas, entre elas, agendamento de consulta online, prontuários e prescrições eletrônicas, envio automatizado de lembretes para os pacientes e controle financeiros.

Com interface amigável, o sistema é de rápido funcionamento e fácil usabilidade, tanto para médico como para outros colaboradores. O sistema online organiza informações de forma simples e eficiente, aumentando a qualidade no atendimento. 

2. Tasy

Esse sistema para gestão na clínica médica combina funcionalidade e forte método de segurança, envolvendo dados confidenciais do paciente. De acordo com a Philips, empresa desenvolvedora do Tasy, o software é utilizado por mais de 950 instituições de saúde no Brasil, e conta com certificação pela SBIS.

Entre seus diferenciais, estão a recomendação de programas de medicina preventiva e um portal do paciente, usado por unidades de saúde para manter a comunicação rápida com seus usuários.

3. OnMed

Além de suas funcionalidades comuns, como agenda online, proteção a dados, e prontuários eletrônicos, esse software de gestão médica permite o upload de arquivos, produzindo relatórios e gráficos comparativos. É disponibilizado para pequenos, médios e grandes negócios, incluindo redes com outras unidades, permitindo a gestão em conjunto.

4. ProDoctor

O foco destes software de gestão médica é no armazenamento de informações do paciente, com ferramentas de funcionalidade automática para o cálculo de doses de medicação baseadas na receita médica. Permite ainda um acompanhamento detalhado de tratamentos, registrando cada entrevista e consulta realizada com o paciente.

5. Clínica nas nuvens

Alguns dos pontos fortes desse sistema envolve a gestão financeira e o tempo de espera do paciente. Popular entre milhares de usuários, a ferramenta passou a contar com a confirmação de agendamentos por meio de SMS, reduzindo faltas nas consultas e aumentando a produtividade do consultório.

6. Feegow Clinic

100% online, este software de gestão médica tem como grande diferencial a certificação SBIS-CFM. Além disso, conta com mais de cem recursos nativos e outros 15 opcionais, como chamada na TV, split de pagamento e emissão de NF-e.

Entre os que já são padrão do sistema, a agenda múltipla é um diferencial, sendo capaz de integrar diferentes unidades clínicas. A ferramenta é formada por um layout atraente, suporte para guiar seu uso, e boa funcionalidade.

7. Totvs

Um dos sistemas mais conhecidos, o Totvs está presente no mercado há 34 anos. Com sistema para gestão nos mais variados segmentos, oferece uma solução para consultórios, clínicas e hospitais que permite gerenciar desde relacionamento com o paciente, até a saúde preventiva. Disponibiliza a contratação de módulos adicionais, como plataforma de e-commerce.

8. IMedicina

o iMedicina é um software de gestão médica que ajuda a atrair mais pacientes, melhorando a gestão de sua clínica de forma prática e intuitiva. Permite o controle de atendimentos e agendamentos, gerenciando finanças e criando até um site para seu consultório, ação que investe na presença online de seu negócio.

O contato com o paciente se torna ainda mais fácil com o uso do sistema que possibilita não só SMS personalizados e e-mails, mas também mensagens automáticas após consulta, estreitando laços e trabalhando na fidelização do paciente. Além disso, permite analisar uma série de dados, como convênios e dados demográficos, desenvolvendo campanhas personalizadas.

9. Shosp

O sistema do Shosp oferece ao usuário agenda médica, prontuários eletrônicos, faturamento TISS, controle financeiro, controle de estoque de materiais, controle de fila de espera, e também pesquisa de satisfação. Seu diferencial está na realização do orçamento e envio para os pacientes.

10. 4Medic

O software de gestão 4Medic é integrado com prontuários e receituários eletrônicos, controle financeiro inteligente, e chat interno. Entre os destaques apontados neste sistema, está a sala de espera virtual, ferramenta feita para controlar o TMA (tempo médio de atendimento).

11. DoctorMax

O software intitulado DoctorMax é voltado para a gestão médica financeira, levando diversas facilidades para o profissional em sua rotina. Algumas das soluções apresentadas pelo sistema são ferramenta para captação de novos pacientes, e máquinas de cartões de crédito. Também 100% online, seu design é intuitivo e descomplicado, facilitando o uso por toda equipe.

12. CM Tecnologia

A empresa CM Tecnologia oferece softwares de gestão personalizados na intenção de solucionar problemas específicos de cada clínica médica. Especializada na jornada do paciente, a CM Tecnologia faz seu trabalho com excelência, desenvolvendo sistemas que prezam pela satisfação do cliente em primeiro lugar.

Outras tecnologias 

Além de software de gestão médica, o profissional da medicina deve investir também em outros tipos de tecnologias que facilitam seu dia a dia, otimizando seu tempo em consultório e auxiliando no atendimento do paciente. Veja alguns que não podem faltar.

CRM

Desenvolvido para reconhecer as necessidades e desejos dos pacientes, os softwares CRM (Customer Relationship Management) podem ser combinados aos sistemas de gestão médica, fortalecendo a relação entre consultório e paciente.

O sistema cria bancos de dados baseadas em ações passadas dos pacientes, como dúvidas, reclamações, elogios, com o objetivo de antecipar demandas futuras. Isso é feito em 3 diferentes etapas.

A operacional é um canal de relacionamento analisado, a fim de criar oportunidades de venda. A análise de dados foca na identificação dos perfis, hábitos e necessidades dos pacientes. Por fim, a etapa colaborativa utiliza o conhecimento e interação para fornecer serviços de valor.

CID-10 Pro

 O CID-10 Pro é um software médico que auxiliar na descoberta do CID. Da mesma forma que se utilizavam livros anteriormente para buscar a classificação correta, o aplicativo trouxe facilidade e rapidez para esse processo. Padronizando e classificando as doenças, o CID-10 Pro divide-as em categorias que ajudam na identificação de cada uma segundo os sintomas apresentados pelo paciente, sendo consultado por tablets ou smartphones.

Genéricos BR

Um dos aplicativos mais baixados do Brasil, o Genéricos BR possibilita encontrar diferentes medicações de variados fabricantes agilizando a vida dos profissionais. Lista ainda as opções genéricas de acordo com seus nomes mais populares. Está disponível para Android e iOS.

Whitebook

Este aplicativo da Pebmed é essencial para médicos plantonistas. Sua versão básica é gratuita, e disponibiliza informações atualizadas sobre doenças e procedimentos em português, auxiliando o profissional a esclarecer dúvidas rápidas. Também está disponível para Android e iOS.

Você percebeu que utilizar um software de gestão médica é a melhor forma de otimizar o dia a dia na clínica, mantendo as finanças organizadas e elevando a satisfação dos pacientes e da equipe. Avalie os sistemas apresentados e escolha o que melhor atenda suas necessidades. Não esqueça de manter-se atualizado em cursos de medicina online para saber como fazer uma boa gestão por meios destes sistemas.

Quer entender um pouco mais sobre estes assuntos? A Mediflix pode te ajudar.

Sua plataforma proporciona cursos para médicos em diversas áreas, incluindo finanças para médicos e inteligência artificial. Acesse já os mais de 150 vídeos inteiramente grátis!

Comments (6)

  1. […] softwares de gestão da agenda para consultas digitais é uma oportunidade de melhorar a produtividade da […]

  2. […] entender como aplicativo (ou app) qualquer tipo de software online, não limitando-se apenas à aplicativos para médicos que podem ser baixados em smartphones. […]

  3. […] digital, o próximo passo para utilizar assinaturas digitais para médicos é com o uso do software que vincula elementos criptográficos do certificado aos documentos que deverão ser […]

  4. […] em um software de gestão, poderá fornecer ao profissional maior controle das atividades executadas na clínica. Desde […]

  5. […] e padronizando o fluxo de atendimento na clínica. o cálculo pode ser feito também por meio de softwares com prontuário eletrônico, possibilitando a contagem de tempo da consulta. Assim, o profissional […]

  6. […] tecnologia e seus avanços no auxílio de gestores de saúde e segurança do trabalho. Apresentando software integrado para gestão ocupacional, o profissional discorre sobre suas funcionalidades, ferramentas e […]

Deixei sua mensagem aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *